Brasileira cria solução para purificar água e vence prêmio global da ONU - Smart City Natal
Related content
4/10/2019

Brasileira cria solução para purificar água e vence prêmio global da ONU

Anna Luísa Beserra, brasileira de apenas 21 anos, é a vencedora do Prêmio Jovens Campeões da Terra da ONU Meio ambiente. O projeto, criado pela jovem de Salvador, em parceria com a Universidade Federal da Bahia e a Universidade Federal do Ceará, consiste em um dispositivo que utiliza a radiação solar para purificar a água da chuva, que é acumulada em cisternas e possui um indicador que muda de cor quando a água está pronta para o consumo.

“Meu propósito é levar o direito básico à água limpa para as comunidades carentes nas áreas rurais”, afirmou Beserra. “Queremos ajudar a melhorar a vida das pessoas e salvar vidas.”

O Aqualuz, nome dado ao dispositivo criado pela jovem, já é utilizado para distribuir água potável para 265 pessoas e, até o final do ano, alcançará mais 700 pessoas. O dispositivo é de fácil manutenção, baixo custo (podendo custar cerca de R$ 480,00) e pode ter um tempo de vida útil de até 20 anos. Além disso, tem potencial para ter o seu uso aplicado em outros países.

O prêmio

Desde 2017, o Prêmio Jovens Campeões da Terra é oferecido anualmente pela Covestro (uma das maiores empresas de polímeros do mundo) e pela ONU Meio Ambiente a brilhantes jovens ambientalistas por suas soluções em prol de solucionar problemas ambientais. Para Markus Steilemann, presidente da Covestro, o mundo dos negócios necessita de ideias inovadoras e de uma cultura de startups que enfrentem os desafios ambientais globais, assegurando também o desenvolvimento a longo prazo.